Mulher é assediada em clínica em Cotia

O caso ocorreu nesta segunda-feira (06/11) e o boletim foi registrado terça-feira (07/11)  em uma clínica odontológica no centro de Cotia.

Elisangêla Diniz de 29 anos conheceu a clínica por indicação.

Ela relata que no segundo dia de tratamento:

“Estava fazendo um canal, o dentista me anestesiou e logo após alertou que precisava que fechasse os olhos, para que o medicamento não os atingissem”.

Apesar de estar consciente, ela se sentiu adormecida, porém percebeu um calor próximo ao rosto. Foi quando abriu os olhos e se deparou com o dentista em pé com o pênis em seu rosto, tendo o celular na mão.

A vítima não soube afirmar se o dentista chegou a tirar fotos ou não da situação.

Assustada imediatamente questionou o dentista sobre o que estava acontecendo.

Ele apenas informou que: “Não era nada”.

Ainda sob efeito da anestesia a vítima se levantou e solicitou a retirada dos aparelhos, indo conversar com o proprietário do consultório.

Porém o proprietário, tentou contornar a situação, informando que o profissional trabalhava com ele há anos e nunca ocorreu nada. Pediu para ela ir direto na delegacia para que não chamasse a polícia no local para não prejudicar a imagem da clínica.

Elisangêla abriu um Boletim de Ocorrência na delegacia da Mulher em Cotia. Como estava apenas a vítima e o dentista quando ocorreu o fato, não houve testemunhas do caso.

Ela alerta ainda para que as pessoas que sofreram algo semelhante não tenham medo e denunciem.

A vítima preferiu não citar nome dos envolvidos e nem da clínica até que o caso seja resolvido na justiça.

 

Comments

comments

Inline
Inline