Outra jovem foi amparada, hoje (22/03) em Caucaia, …

Outra jovem foi amparada, hoje (22/03) em Caucaia, com sinais de violência sexual.

A vítima L.M.S. de 15 anos foi socorrida pela Guarda Civil de Cotia, com ferimentos e foi conduzia para UBS de Caucaia.

Posteriormente ela foi removida de ambulância ao Hospital de Cotia e depois de medicada foi conduzida a Delegacia da Mulher.

Na delegacia, a vítima relatou que ao invés de ir para escola, ela decidiu ir ao supermercado São Roque para comprar bolacha. Ao sair do supermercado, um veículo preto se aproximou, parou e abriu a porta do carro pelo lado do passageiro e puxou-a para dentro, dizendo: “se não ficar quieta, vou matá-la”.

O homem passou para o lado do motorista, enquanto puxava-a junto com a porta, a vítima não viu se ele estava armado, mas sentiu um odor forte de bebida alcoólica e maconha.

Ela tentou abrir a porta do carro, mas ele arrancou com o veículo e mandou ela ficar quieta. Parou e colocou um pano no rosto dela, que a fez perder os sentidos, após acordar ela percebeu estava no matagal. Ela tentou se levantar, porém o homem novamente tampou o seu nariz com o pano, ocasionando um novo desmaio.

Ainda atordoada, ela recobrou o seus sentidos, e viu que estava sozinha. Sentia muitas dores pelo corpo, sua barriga queimava e sentia forte dor na região genital. Não soube dizer se houve abuso sexual, pois estava desacordada.

A vítima andou até chegar na Estrada da Água Espraiada, próximo a entrada do Bairro Primavera, em Caucaia do Alto, onde foi amparada por um homem que acionou a GCM.

Após o depoimento ela foi encaminhada ao Hospital Pérola Byington para o devido tratamento médico especializado.

A polícia segue investigando não só esse caso como também o da adolescente Thifanny.

A vitima descreveu o agressor como um homem desconhecido, de cor parda e com barba, relatou também que ele girava um anel no dedo.

Ocorrência atendida pelo Classe Distinta Asche e GC Laurindo – VTR 1505

Comments

comments

Inline
Inline